alopecia

Como se prevenir da alopecia

A queda de cabelo é um dos problemas dermatológicos mais temidos por homens e mulheres. A alopecia não escolhe gênero e idade e grande parte da ocorrência do problema advém de fatores genéticos. A doença pode deixar os fios ralos ou causar a queda completa deles. Nos dois casos, ela afeta a autoestima e outros aspectos psicológicos que interferem num estilo de vida saudável.

O que muitas pessoas não sabem é que  a queda de cabelo pode ser prevenida. Embora os fatores genéticos tenham influência no aparecimento do problema, alguns outros pontos podem minimizar sua influência, postergando a queda dos fios.

Meios para evitar a alopecia

Mude a alimentação

Essa é uma das principais dicas para quem tem medo de enfrentar uma queda de cabelo. Assim como outras células do corpo, os folículos pilosos, responsáveis em produzir os fios de cabelo, precisam de nutrientes e vitaminas para que o seu crescimento e desenvolvimento sejam sadios.

A principal fonte de energia vem da queratina. Sendo uma proteína capilar, é importante consumir alimentos proteicos e com base em minerais, vitamina D e complexo B. Grãos, peixes e verduras como espinafre e cenoura são essenciais para que a absorção seja em maior quantidade pelos folículos e os fios cresçam sem problema.

Evite se estressar

O estresse é uma das maiores causas para o surgimento da alopecia, especialmente nas mulheres. O cortisol, hormônio responsável pelo aparecimento da doença, é produzido em maior proporção quando a pessoa está em estado de alerta, o que faz com que a doença se alastre em maior velocidade.

Procure meios alternativos para manter a calma e não deixar que a irritabilidade ou a ansiedade venham interferir na saúde dos cabelos.

Medicamentos orais

Essa dica é para quem percebeu que seus cabelos já começaram a cair, mas em menor volume. Existem diversos medicamentos usados para reduzir potencialmente o efeito da queda. Procure um dermatologista para lhe indicar o mais indicado para o seu caso.

Em uma parte dos casos, mesmo que o problema seja genético, evitar a alopecia é mais uma questão de troca de hábitos do que uma intervenção mais severa. A doença pode até apresentar uma recidiva, mas o organismo estará mais forte se houverem cuidados necessários de prevenção.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como dermatologista em São Paulo e Araraquara!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp