câncer de pele

Como identificar um câncer de pele

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), dentre os 570 mil novos casos de câncer estimados por ano no Brasil, 190 mil são de tumores de pele. O câncer de pele é classificado em dois grandes grupos: não-melanomas, originados em células escamosas ou basais (com maior sucesso no tratamento); e melanomas, surgidos nas células responsáveis pela pigmentação da pele (mais raro e agressivo).

Neste artigo, trouxemos importantes informações sobre como identificar um câncer de pele. Preparado para conferir? Então vamos lá.

Sinais de um possível câncer de pele

O exame “ABCDE” é o comumente utilizado para identificar sintomas ou características que possam indicar o crescimento anormal de células em pintas ou manchas espalhadas pela pele. Para realizá-lo, observe os seguintes fatores:

  • Assimetria: o primeiro passo para identificação de uma mancha ou pinta que possa ser um câncer de pele é avaliar sua assimetria. Se um lado for maior/menor ou muito diferente do outro, esse pode ser um sinal do problema;
  • Borda com irregularidade: se o contorno da mancha/pinta não for liso, mas sim irregular pode ser outro sinal de complicações;
  • Cor: pintas ou manchas de várias cores, como marrom, preto e tons avermelhados também pode representar uma condição anormal;
  • Diâmetro: se a mancha ou pinta tiver dimensão maior que 6mm, é necessário investigá-la;
  • Evolução: se você possui uma mancha ou pinta que muda ou já mudou de tamanho, cor ou formato, a investigação também se torna necessária.

Felizmente, tais características podem ser notadas e observadas pelo próprio paciente, em sua casa. Porém, é claro que quaisquer lesões, tais como pintas, manchas ou sinais em geral que possuam características cancerígenas devem ser avaliadas por um profissional especializado em dermatologia o quanto antes.

Tipos de câncer de pele

O câncer de pele não-melanoma pode se manifestar por meio dos seguintes sinais:

  • Nódulos ou feridas na pele que formam cascas e crescem rapidamente. Podem ser acompanhados por coceira ou secreções;
  • Nódulos ou feridas avermelhadas, esbranquiçadas ou rosas que coçam e podem ou não incomodar;
  • Feridas que perduram por dias, semanas ou meses e não saram. Ao longo das semanas, podem sangrar algumas vezes;
  • “Verrugas” que aumentam de tamanho.

Já o câncer de pele melanoma costuma se manifestar por meio de sinais, pintas ou manchas escuras na pele, em tons de marrom escuro ou preto. Suas bordas são irregulares e podem crescer de tamanho. Outros sintomas associados à mancha costumam ser descamação e coceira da pele.

Esse tipo de câncer progride com mais rapidez, o que o torna extremamente perigoso. Por isso, a qualquer sinal estranho no corpo, não hesite em procurar auxílio de um médico dermatologista.

Agora você já sabe quais são os principais sinais de um câncer de pele. Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como dermatologista em São Paulo e Araraquara!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp