verrugas

5 mitos e verdades sobre as verrugas

Por muitos anos, as verrugas fizeram parte do imaginário fantasioso e criaram estereótipos negativos para quem as portava. Hoje, já se sabe que elas resultados de tumores benignos de pele, causados pelo papiloma vírus humano (HPV).

O HPV provoca o crescimento descontrolado das células da epiderme, fazendo com que as verrugas surjam em diferentes partes do corpo. Fatores como forma, tamanho e aspecto estão diretamente ligados aos diferentes tipos de infecção pelo HPV.

Para evitar que os mitos sobre as verrugas continuem se propagando, criamos este artigo que esclarecerá algumas verdades e mentiras sobre o assunto.

  1. As verrugas não precisam de tratamento”

Mito. Por se tratar de um problema decorrente de um quadro infeccioso, as verrugas exigem atenção especial de um dermatologista.

Muitas vezes pode ser curada sem necessidade de medicação, dependendo do estado imunológico do indivíduo. Porém, quando atinge longa duração, as verrugas não costumam desaparecer sem tratamento, exigindo que o paciente procure ajuda médica.

  1. “As verrugas não são contagiosas˜

Mito. O HPV é um vírus que pode ser transmitido pelo contato direto com pessoas portadoras do vírus e com objetos infectados. Além disso, pode ser passado de mãe para filho durante o parto, por meio da relação sexual desprotegida e aproveitar pequenos ferimentos como porta de entrada.

  1. O tratamento das verrugas pode ser feito com medicamentos sem prescrição médica˜

Mito. Existem no mercado farmacêutico vários produtos que prometem congelar as verrugas e removê-las definitivamente. Muitos destes produtos são vendidos sem prescrição médica. Contudo, a automedicação não é recomendada uma vez que se trata de uma doença causada pela infecção de um vírus que deve ser controlado para que não cause outros problemas e que a pessoa evite passar a doença para quem convive com ela.

Existem vários tipos e formas clínicas, portanto, seu médico deve orientá-lo sobre as causas e tratamentos.

Outro problema importante a ser discutido é que muitas lesões são muito semelhantes a verrugas. Não é aconselhável, por esse motivo, se automedicar.

  1. Verrugas podem ser sinal de câncer”

Verdade. As verrugas anogenitais, localizadas nas regiões pubiana e perianal, podem ser precursoras de tumores malignos como o câncer de colo de útero e o câncer de pênis. Por isso, ao menor sinal do aparecimento de verrugas, é essencial procurar um dermatologista para avaliar o caso e indicar o início do tratamento imediatamente.  

  1. É impossível prevenir o aparecimento das verrugas”

Mito. A prevenção do HPV pode ser feita através do uso de preservativo durante as relações sexuais e da vacinação contra o vírus. A vacina é indicada para meninas a partir de 9 anos e meninos de 12 a 13 anos. Ela tem caráter preventivo e, justamente por isso, é ministrada antes do início da vida sexual do adolescente.

O tratamento para as verrugas varia de acordo com o grau do problema. Em alguns casos, o dermatologista indicará medicamentos específicos para cauterização química do tumor benigno. Já em outros, pode ser necessário fazer a remoção cirúrgica da verruga através da eletrocauterização, da crioterapia, ou da aplicação de  laser.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como  dermatologista em Araraquara!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp